Thursday, January 17, 2008

ada

Não tenho mais escrito nada.
E não tem nada de nada nisso.
Tudo que entra aqui não tem endereço
vem só por vir
sem compromisso.

Hoje, por exemplo, comi um pastel mexicano.
3221-0003, é do Pastel com Borda?
Pra quem nunca comeu, é um pastel médio-burrito, com recheio de feijão, chili, etc.
Vem com um carimbo verde que dizem ser comestível.
Bem, não sei, deve ser... nem importa.
O que vale é que minha fome tá morta.

Sem fome disso e de nada
depois de um dia de enxada
nessa vida nada iluminada
sinto que quero uma guinada
pra uma vida com mais de uma camada
mesmo que seja bem mais complicada.
um tipo de vida que em uma caminhada
o fato de observar o imprevisto já agrada
o ritmo de pensar ganha outra levada
a história não passa apagada
mesmo quando vou dar uma cagada.

Assunto:
criei uma expectativa
de conseguir cidadania italiana.
Meu bisavô, Raphael Pero, veio de Mondragona.
Minha avó, Margarida, deu a luz a minha mãe em 1949.
Exatamente um ano após a constituição que dá direito civil as mulheres italianas
portanto dá direito a minha mãe e seus filhos requererem cidadania.

Ah, sim, porém a informação não é confirmada
Antes terei que procurar um advogado ou gada
Já tenho uma pessoa anotada
Mas se você souber de alguém que lhe agrada
Por favor, me dê uma ligada
92924604, terei prazer em atender até de madrugada

1 comment:

Tina said...

and right behind you, there's a little jumping blonde flea. They say she is always plugged on the wall...who knows. As far as we push eachother forward, it's all worth it.
:)

Italiaaaaaaaa!!!!